Sessão EducAção – Limites na educação das crianças

por Cícero Gadelha - pedagogo

O papel dos adultos na educação dos filhos se resume a ter
autoridade com firmeza, paciência e persistência nas palavras.
Nos dias atuais, é possível perceber uma grande mudança na
maneira como os pais educam seus filhos. Estamos passando por uma
crise de valores em que a falta de limites e a falta de bons exemplos
por parte dos pais traçam muitas das características que os jovens
carregam para a vida adulta.

A falta de limites por parte dos pais cria jovens que pensam ter o
poder nas mãos e que acham que podem fazer tudo, sem ter que
pagar pelas consequências de seus atos. Infelizmente, muitas crianças
nunca ouviram um não de seus pais, e isso traz muitos prejuízos para o
seu amadurecimento, pois, dessa forma, elas não aprendem a
conviver com as frustações.

Muitos pais, na tentativa de diminuir seu sentimento de culpa
pelo pouco tempo que passam com os filhos, ou até mesmo por
negligência, concedem-lhes poderes, como escolher se vão sair ou
não, se irão viajar ou não e até mesmo se querem ou não ir à escola.
No entanto, decidir e saber falar um não que oferece limites e educa é
função dos pais. É extremamente necessário que os pais sejam firmes
e tenham paciência com seus filhos, pois ameaças e falatórios não
adiantam.

Os adultos são os únicos responsáveis pela educação das
crianças que cuidam. Assim, é muito importante que a criança aprenda
valores e saiba a importância de ser solidária, de partilhar, de respeitar
a si mesma e aos outros, de ter compromisso e responsabilidades
com seus atos. E é preciso que os pais entendam que não podem
abster as crianças das frustrações, pois é dessa forma que elas
amadurecem e se tornam aptas para enfrentar a vida, tornando-se
jovens e adultos saudáveis e seguros.

Close-up Of Hand Over Digital Tablet Screen In Front Of Chalkboard

Educar uma criança não é tarefa muito fácil, os envolvidos com
o processo se deparam com muitas dificuldades diariamente. É
importante criar uma maneira de agir que possa auxiliar todos aqueles
que fazem parte da convivência da criança, já que atuar de forma
organizada pode proporcionar uma harmonia maior no ambiente
familiar, onde a educação infantil deve ser iniciada. 

É no contexto familiar que os conceitos e valores, que irão nortear a
criança em todo o decurso da vida, são passados. Cabe à escola a
formação acadêmica, acrescida de alguns valores, ou seja, apenas
ampliar a atuação que iniciou na família. Já que tanto os pais como os
professores exercem papéis importantes na educação, ambos
precisam estar em sintonia. Se a escola ou a família descuida da
educação, no sentido de “jogar” a responsabilidade um para o outro, a
criança sai perdendo, sua educação fica negligenciada.

Cícero Gadelha – Formado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará e Pós-Graduado em Docência do Ensino Superior e Educação de Jovens e Adultos

Mais Posts