Saudades, pai! HISTÓRIA E POESIA

por Solange Santos

Hoje eu me peguei pensando em você, das vezes que te imaginei e desejei te ter.

Hoje lembrei de como era bom sofrer por não te conhecer, pois em mim existia uma esperança de te ver.

Hoje ao ver tuas fotos meu coração sofreu e uma saudade danada atravessou meu peito.

Hoje eu só queria alimentar a ilusão que você atenderia minha ligação pra te desejar um feliz dia meu paizão.

Porém hoje eu sei que a dor da tua ausência é maior do que foi na minha infância, mas o amor que carrego no peito é maior que meus instantes.

Solange Santos – Comunicóloga graduada pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – Poetisa nas horas da vida 

Mais Posts