Para onde vai a gordura quando você emagrece?

por Marina Castro - Nutricionista – CRN 21432/P

É notório que a população está cada vez mais preocupada com corpo e a saúde. Todo dia aparece um produto milagroso diferente, seja ele chá, shakes, cápsulas, cinta modeladora ou cremes, prometendo o emagrecimento rápido e sem sacrifícios.

Mas será que funciona?

Para responder essa pergunta precisamos entender como nosso corpo trabalha e o que acontece quando alguém perde peso.

Nosso corpo é movido por glicose, um açúcar que funciona mais ou menos como a gasolina para o carro, é ela que nos dá energia. Na falta de glicose, nosso corpo utilizará a gordura estocada como energia. Para isso, a gordura será “quebrada” e se transformará em oxigênio, carbono e hidrogênio. Em seguida, o oxigênio será queimado (é daí que vem o termo “queimar gordura”) gerando energia e dois subprodutos: CO2, que saí pelos pulmões, e água, que saí principalmente pela urina e pelo suor. E é por isso que quem está em processo de emagrecimento faz tanto xixi e que os exercícios aeróbicos são apontados como melhores para o emagrecimento, pois a respiração é mais rápida.

Um estudo realizado pela escola de biotecnologia e ciência biomolecular da University of New South Wales, na Austrália, nos mostra que perder 10kg de gordura requer a inalação de 29kg de oxigênio. E este processo metabólico produziria 28kg de CO2 e 11kg de água.

Então é só respirar, nutri?

Não, o simples ato de respirar ou respirar mais que o normal não vai te fazer perder peso. A receita do bolo continua a mesma, exercícios físicos aliados a uma alimentação saudável. Não tem para chás milagrosos ou massagens, eles no máximo vão te fazer perder líquido.

Pare de procurar soluções rápidas. Escolha mudar de vida ao invés de mudar apenas de número na balança.

Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P

Mais Posts