Meus versos – HISTÓRIA E POESIA

por Solange Santos

Certa vez me perguntaram porque eu escrevia meus versos. Eu não soube responder, mas depois de um certo tempo minha resposta veio em forma de poema.

Eu nasci nesse chão cheia de amor e gratidão. Tristeza eu senti aqui, mas com fé eu venci.

Sonhos eu realizei, outros tive que esquecer. Desejos eu senti, mas tive que me conter.

Saudades eu sinto da minha infância perdida. Das brincadeiras de criança, das lembranças vividas.

Monstros eu enfrentei e quase fraquejei. E mesmo com dor no peito, recuperei o meu viver.

Muitas coisas eu perdi e muitas pessoas vi partir. E mesmo com lágrimas nos olhos, muitas batalhas eu venci.

Nos meus lábios eu preservo um sorriso e nos olhos um brilho. Pra enganar o coração machucado e aflito.

Por isso decidi escrever versos, pra falar o que sinto e o que espero. Na esperança de um dia poder viver o que quero.

Foto: Pacífico Medeiros

Solange Santos – Comunicóloga graduada pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – Poetisa nas horas da vida

Mais Posts