Madeira para decoração em casa

Material versátil e clássico, a madeira pode ser utilizada das mais diversas formas na arquitetura e na decoração de espaços. Seu uso remete a conforto e aconchego e é sempre uma boa opção, pois permite variáveis composições do espaço, proporcionando uma ambiência sofisticada.
Pode ser facilmente utilizada para espaços abertos ao tempo, ou em fachadas e áreas externas, em aplicações em decks, revestimentos ou pergolados.

Embora precise de uma manutenção para conservação de suas características, a madeira pode ser um material muito resistente e duradouro e, claro, atemporal. Mas fique atento, certos cuidados precisam ser tomados na sua utilização como o tratamento das superfícies com o verniz indicado para cada tipo de aplicação e a manutenção preventiva das peças.

A madeira natural pode ser aplicada na decoração de interiores. Nesse caso, suas possibilidades são as mais variadas. Pode ser utilizada como piso, forração de paredes ou tetos, mobiliário ou portas, janelas e rodapés. As diversas opções de acabamento também garantem maiores possibilidades de aplicação. As madeiras mais conhecidas são: Peroba, Freijó, Carvalho, Ipê e Cumarú. Embora sejam elementos de um custo um pouco maior, compensam pela beleza, sofisticação e elegância.

Além da estética, tem que se pensar na sustentabilidade do material. É importante usar madeiras de reflorestamento certificadas e apropriadas, pois se trata de um material natural e o uso em larga escala incita a extração ilegal.

A madeira tem um primo próximo campeão em sustentabilidade que está sendo usado em todo mundo por suas qualidades semelhantes: o bambu. Também possui em suas características a versatilidade de usos, e tem se tornado uma opção interessante para uma estética rústica.

Mas, se a ideia for fugir da madeira natural sem perder toda a sensação de conforto e aconchego que o material traz ao ambiente, uma boa opção é utilizar os recursos disponíveis no mercado: materiais sintéticos que reproduzem a textura e a coloração variada da madeira. Muitas são as opções como: os porcelanatos, vinílicos, laminados, cimentícios e mantas. Eles possuem a vantagem de praticidade quanto ao aspecto de manutenção e limpeza e esteticamente chegam a deixar o consumidor em dúvida, pois a similaridade é impressionante.

Tal uso pode ser indicado para locais onde elementos orgânicos não são aconselhados por questão de higiene como cozinhas de restaurantes e ambientes de saúde.Mas para quem não abre mão da originalidade existem lojas e profissionais especializados que trabalham com madeira de demolição dando um novo uso a esse material nobre e resistente.

Sendo com materiais naturais ou sintéticos, a estética da madeira combina com diversos elementos como: vidro, pintura, pedras, laca, laminados, aço inox, escovado ou outros. Não há regras quando o assunto é o uso da madeira, mas vale deixar uma dica: se forem utilizadas mais de dois tipos de madeira no seu ambiente, fique atento se as tonalidades combinam e contribuem para um ambiente mais harmônico.  

Na hora de utilizá-la dentro de casa, não tenha medo, pois o resultado é sempre muito satisfatório. Você pode aplicá-la nas paredes, piso, teto, esquadrias. Pode investir em móveis de madeira, desde que sejam resistentes. Muitas das vezes o móvel correto faz toda a diferença na decoração. Ou pode deixar o toque de madeira para os objetos decorativos. Qualquer que seja a forma escolhida de aplicação, leve sempre em consideração o equilíbrio entre as texturas e acabamentos.

Mais Posts