Delta-V: Casa Azul prorroga inscrições de programa que vai acelerar 60 startups

por Amanda Sobreira

O Delta-V irá escolher 30 empresas inovadoras no módulo ideação, ou seja, startups com projetos na fase inicial e 30 empresas em módulo de tração, que já tenham produto desenvolvido e ofertado no mercado, com expectativa de crescimento.

Devido à alta procura por inscrições na reta final, a Casa Azul Ventures, aceleradora de startups mais antiga do Ceará, prorrogou até o dia 24 de março as inscrições para o Programa Delta-V que irá capacitar e acelerar o desenvolvimento de 60 startups. As primeiras colocadas do Programa também concorrerão a premiação em dinheiro. O Delta-V irá escolher 30 empresas inovadoras no módulo ideação, ou seja, startups com projetos na fase inicial e 30 empresas em módulo de tração, que já tenham produto desenvolvido e ofertado no mercado, com expectativa de crescimento.

O programa Delta-V tem o apoio do Banco do Nordeste (BNB). Assim, podem participar da seleção startups sediadas nos estados da Região Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia), e em cidades de Minas Gerais e do Espírito Santo onde o BNB tem atuação (veja lista de cidades no site oficial do programa). As empresas também precisam ter CNPJ constituído há pelo menos seis meses da data de publicação do edital de seleção.

De acordo com Filipe Dummar, coordenador geral do programa Delta-V, está prevista a realização de um sólido programa de formação com cursos voltados à gestão e à área técnica, conforme o grau de maturidade da startup. As selecionadas também terão acesso a seis masterclasses e encontros remotos com grandes nomes do ecossistema de inovação do Brasil, além de eventos de conexão, como Demoday e BootCamp.

O Delta-V, lembra Filipe, é composto pela soma de três ecossistemas: o mundo de negócios e mercado do Nordeste (Casa Azul), o mundo de tecnologias (Instituto Atlântico) e o mundo de venture capital (ACE Startups).

Rafael Queiroz Silveira, diretor de Operações da Casa Azul, afirma que o Delta-V visa apresentar exposição de conteúdos e casos reais, além de aprimoramento técnico para as startups que participarão. “Especialmente para as startups de ideação, acredito que o conhecimento e o prêmio possível ao final do processo, vai mudar completamente a jornada deles. As startups que atenderem aos critérios concorrem a R$ 300 mil em dinheiro. Ou seja, têm a oportunidade de sair do programa com mais dinheiro em caixa para fazer investimentos ou pagar contas”, acrescenta.

Ele ressalta a experiência da Casa Azul no mercado de aceleração de startups. Prestes a completar seis anos, a aceleradora fornece segurança às empresas inovadoras. Rafael cita a taxa de 17% de conversão de portfólio e a relevância de parceiros como o Instituto Atlântico e a ACE no programa.

Seleção

O processo de seleção é composto por duas etapas. No momento da inscrição, a startup deverá optar por um dos módulos de aceleração disponíveis, de acordo com a maturidade da empresa: Módulo de Ideação (startups com propostas de negócios inovadoras, com ideia de modelo de negócio, ainda em fase inicial) ou Módulo de Tração (startups que tenham produto desenvolvido e ofertado no mercado, com expectativa de crescimento).

O programa Delta-V é realizado pela Casa Azul Ventures, sob a coordenação geral de Filipe Dummar, fundador e diretor executivo da Casa Azul, e a coordenação executiva de Valéria Xavier. Tem o apoio do Banco do Nordeste (BNB).

A Casa Azul

A Casa Azul Ventures é a aceleradora de startups mais antiga do Ceará. Está presente no mercado de venture capital desde 2017. Funciona com base no processo de criação e desenvolvimento de novas empresas, por meio de ações que envolvem mentoria, networking e aporte financeiro.

Tem em seu portfólio 22 startups, das quais 12 estão ativas. Vem se consolidando cada vez mais no mercado com soluções Services for Business to Business (B2B Saas) e Business to Business to Client (B2B2C) e tem como objetivo impulsionar o ecossistema de inovação por meio de negócios que transformem a sociedade.

A Casa Azul foi contemplada pelo edital do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), do Banco do Nordeste, com a proposta de acelerar 60 startups em 12 meses. Obteve o 1º lugar na seleção a partir do programa Delta-V.

A conquista marca o crescimento da aceleradora, que já soma mais de 400 startups impactadas, R$ 5 milhões em faturamento gerado por elas e mais de R$ 1,5 milhão em investimentos no processo de aceleração e tração dessas empresas.

SERVIÇO

Casa Azul Ventures seleciona 60 startups para aceleração

Inscrições (até 24 de março) e mais informações: deltav.casaazul.vc

E-mail: [email protected]

Site da Casa Azul: www.casaazul.vc

No Instagram: @casaazul.vc

No LinkedIn: Casa Azul Ventures

Mais Posts