Cansei – HISTÓRIA E POESIA

por Solange Santos

Cansei de esperar você reagir;
Cansei de esperar uma nova atitude de ti;
Cansei de esperar que viesse me procurar;
Cansei de esperar que viesse me amar.

As noites parecem mais escuras;
A lua perdeu seu brilho e as estrelas parecem nuas.
Já não escuto aquele som da brisa que me fazia suspirar com suas mãos na minha pele lisa.

Quantas vezes te avisei que um dia isso poderia acontecer?
Não foi uma vez, duas ou três; te avisei uma vida inteira mas você fingiu não entender.

Seria mais fácil pra mim sentir raiva de você;
Mas o que guardo no peito é uma gratidão pelo cuidado e zelo.

Mas que pena que você não percebeu que cuidado de pai eu já tinha por demais. O que eu precisava era ser tocada e desejada por você e ninguém mais.

O cansaço me impede de ir além, quero ficar quietinha sem pensar em mais ninguém.
Não digo que me arrependi, só apenas que não vivi, um amor que me deixasse pronta para sentir o meu corpo magnetizar em suas ondas.

Solange Santos – Comunicóloga graduada pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – Poetisa nas horas da vida

Mais Posts