A cultura mossoroense nas páginas da revista “Ispia Só”

por Lex Fonseca

Mossoró tem uma turma bem significativa promovendo as artes fotográficas e audiovisuais, de trabalhos que registram os eventos mais importantes da cidade, as histórias pouco conhecidas do público. O município tem ganhado ano após ano, mais adesão de mossoroenses. As expressões artísticas através das câmeras estão sendo ampliadas. E agora, um novo produto surgiu para aumentar ainda mais, a visibilidade destas iniciativas.

É que no sábado 03/07, a revista digital mossoroense “Ispia Só”, com matérias e entrevistas de projetos fotográficos e audiovisuais genuinamente desenvolvidos por potiguares, foi lançada. Em suas páginas, histórias interessantes e curiosas sobre como vários dos personagens iniciaram nos dois segmentos, dos seus anseios, conquistas, identidades e do que esperam para o futuro da cultura de Mossoró e região.

A publicação, que foi produzida de forma remota, está acessível através de um link publicado em uma plataforma de leitura online e na rede social Instagram do jornalista e idealizador Alexandre Fonseca, no @_lexfonseca.


“Tivemos algumas dificuldades no processo de produção. Com a pandemia, não promovemos encontros presenciais e a alternativa foi realizar as entrevistas e captação do material, remotamente. No fim, deu tudo certo.”

A revista “Ispia Só” foi idealizada com o apoio da Lei Aldir Blanc e da Secretaria de Cultura de Mossoró e conta com a colaboração dos jornalistas Emanuela de Sousa, Isaiana Santos, Lamonier Araújo e da diagramadora e ilustradora Renata Nolasco.

“É o momento de colocar os dois segmentos em visibilidade e deixar registrado na história da cultura de Mossoró, que os cenários artísticos estão se expandindo e que já passou da hora de conhecê-los. Não deixe de ler.”

Link para acessar a “Ispia Só”: https://issuu.com/afproducoes/docs/revista_ispias_ 

Mais Posts