Sessão Trivela Feminina – E aí, você acredita?

por Larissa Maciel

Desde que o Brasil iniciou a sua caminhada na Copa do Mundo da Rússia, esta tem sido a pergunta que eu mais escuto a cada jogo. Após as vitórias consistentes e às vezes também nervosas da seleção, o torcedor brasileiro demonstra a necessidade de escutar na voz de outro torcedor ou torcedora de que sim, é possível acreditar na conquista do tão sonhado hexa.

Imagino que contra o México você sentiu seu coração palpitar alucinadamente durante os primeiros 22 minutos pelo menos, não foi? Contra a Costa Rica, sentiu um alívio silencioso e ensurdecedor ao mesmo tempo após a vitória nos últimos minutos. No jogo contra a Sérvia, talvez a agonia tenha sido um pouco menor, ainda bem rs. A nossa seleção, a cada partida que se passa, demonstra porque essa frase endossa que o otimismo não veio apenas pela história que temos no futebol, mas pela consistência que o time demonstra dentro de campo.

O Brasil é o único que se mantém sem sofrer gols na Copa do Mundo, levou apenas aquele tento suíço, que poderia até ter sido anulado pelo VAR. Em cada novo desafio, desperta olhares para outros jogadores como Thiago Silva, Miranda, Filipe Luís, Philippe Coutinho e ontem, Willian. Nossa defesa inspira respeito, enquanto parece que a bola que queimava no pé nos primeiros jogos, agora domina no peito e vai pra cima.

Confesso que fujo diariamente do otimismo extremo. Assisto os jogos do Brasil em silêncio, soltando um grito de indignação ou o famoso “vamo” vez ou outra para descarregar as energias. No papel e na caneta, encontro o refúgio que preciso para enxergar e transcrever o jogo e dar motivos para responder a pergunta que carimba este texto.

O acreditar ele nasce a partir do que os nossos olhos enxergam e do que nos cativa. Fizemos uma arrancada histórica nas eliminatórias, superamos nossas dificuldades na fase de grupos e classificamos em primeiro, criamos um grupo sólido, com boas alternativas entre titulares e reservas, finalmente estamos presentes como seleção, temos padrão tático, um time maduro e capaz. Viu?

Fiz você passar seus olhos nestas palavras só pra tentar cativar sua atenção e também a sua confiança.

A única coisa que não posso afirmar com todas as letras é a vitória, uma vez que já notamos que nesta Copa do Mundo, e acredito que assim será daqui pra frente, ninguém pode ser descartado com tamanha facilidade. Futebol é um esporte lógico que nem sempre tem lógica. Pode ser explicado em estatísticas, mas pode enlouquecer estatísticos.

Mas e aí, você acredita?

Vou deixar a pergunta no ar, crendo que sei a resposta. Espero que eu tenha feito você acreditar mais.

Larissa Maciel – estudante de jornalismo do curso de Comunicação Social da UERN

Mais Posts