O Som do Sentir

Desde criança, a doce menina começou a sonhar alto, logo encantou-se com o mundo mágico das quadrilhas juninas na escola pensando em seu futuro reinado. Nem mesmo uma surpresa aos 12 anos de idade tirou o brilho da vida de Mara Alexandre. Neste documentário, a rainha da Ceará Junino deixará os holofotes um pouco de lado para mostrar as dificuldades de sua rotina. E afinal, qual o som que um sonho pode provocar na mudança da vida das pessoas e de nós mesmos?

Mara Alexandre fez do seu amor pela dança o sentido ideal para seguir em sua vida. Professora, destaque, aluna e rainha, ela é conhecida nacionalmente pelo seu talento e brilho dentro e fora das arenas, tanto nas apresentações, com a quadrilha Ceará Junino, como de forma individual. De ritmo em ritmo e de geração em geração, seu trabalho é reconhecido em cada passo ensaiado ou improvisado. Os prêmios individuais e coletivos comprovam que, ainda que falte o tom muitas vezes, nada é obstáculo para a menina que nasceu para ser coroada rainha, pelo contrário, torna-se o caminho para a construção do seu castelo.

Para narrar a história da rainha da quadrilha, é necessário também ouvir quem a cerca. Desde sua família até seus companheiros de equipe, foram realizadas entrevistas para compor a narrativa que envolve desde o seu nascimento ao brilho nas quadras juninas. Todas elas foram realizadas no estado do Ceará e, além disso, em cenários remetentes à cada personagem, trazendo a inserção do telespectador para o ambiente em que o documentário se concretiza. Situando cada fala em um espaço que remete a história das quadrilhas, a tradição junina e a cidade em que ela realiza seus ensaios.

Nesse primeiro teaser do documentário O Som do Sentir, Mara Alexandre nos conta o que a dança representa para ela e sua história de vida. Um minuto para sentir um pouco da dimensão de Mara Alexandre.

O documentário é fruto da disciplina Cinema Documentário, ministrada pelo professor Esdras Marchezan, do curso de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Dirigido pelo aluno Fernando Nícolas, a produção audiovisual também fica por conta das estudantes Larissa Emanuelle e Leonora Sales juntamente com a colaboração de Domário Alves, Hélio Filho, Marcos Leonel, Pedro Vale e Richard Fernandes.

Mais Posts