GORDURA LOCALIZADA: tire suas dúvidas

por Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P

Gordura localizada nada mais é que o acúmulo de tecido adiposo (gorduroso) em determinadas áreas do corpo que servem como depósito. Ou seja, tudo que comemos além do necessário vai sendo guardado nestas áreas. E depois de depositadas, fica difícil perder essas gordurinhas. Na maioria das vezes, a gordura localizada aparece principalmente em indivíduos cuja a dieta não é balanceada. Mas também está estreitamente relacionada a fatores hormonais.

Os locais de acumulo de gordura no organismo variam de pessoa para pessoa e é determinada por fatores como idade, sexo, sedentarismo e predisposição genética. Alguns indivíduos acumulam gordura na região abdominal (tendência androide) e outros na região do quadril (tendência ginoide).

MULHERES SÃO MAIS AFETADAS QUE HOMENS?

A distribuição de gordura localizada ocorre de maneira diferenciada no homem e na mulher, por questões hormonais ligadas ao sexo. Nas mulheres as áreas de depósito de gorduras mais comuns são: quadril, seios, coxas e nádegas (tipo pêra), e os principais hormônios responsáveis são o estrogênio e a progesterona. Além disso, as mulheres passam por algumas fazes de alteração hormonais em sua vida que levam a duplicação das células de gordura, que são a puberdade, a gravidez e a menopausa.

Os homens apresentam menor incidência ao acúmulo de gordura localizada, porém, quando isto ocorre, geralmente é na região abdominal (tipo maça).

GORDURA LOCALIZADA É A MESMA COISA QUE GORDURA VISCERAL?

Não, a gordura visceral é a gordura localizada entre os nossos órgãos, já a localizada está sobre a musculatura. A visceral é justamente, a mais encontrada nos homens. Porém, uma vez que as mulheres atingem a menopausa, elas começam a desenvolver mais gordura visceral. Essa, é mais prejudicial à saúde, justamente pela sua proximidade com os órgãos, o que aumenta os riscos para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes, colesterol elevado e alguns tipos de câncer.

COMO EVITAR O ACUMULO DESSAS GORDURAS?

Não existe alimento milagroso, muito menos fórmula mágica. O segredo é uma alimentação balanceada e de preferência fracionada. Praticar atividade física e evitar ao máximo alimentos industrializados. Investir em alimentos termogênicos naturais pode ser uma boa opção, eles ajudam a acelerar o metabolismo e facilitam a perda de peso, são eles: canela, gengibre, chá verde, café, pimenta vermelha, hibisco, entre outros.

Atenção especial para o seu corpo, fome e cansaço excessivos, distúrbios no sono, problemas de memória, ganho ou perda de peso sem motivo aparente, muitas dores de cabeça e enxaquecas, podem ser sinal de alguma disfunção hormonal. Nesse caso, um endocrinologista deve ser procurado.

Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P

Mais Posts