Browsing Category

Destaque

Não tenho tempo! Essa é a desculpa de 60% das pessoas para não começarem um novo hábito alimentar, seguido por “fazer dieta é caro”. Mas é fato, atualmente, grande parte da população vive uma verdadeira maratona diária, e muitas vezes quem paga o pato é a saúde. Os exames ficam para outro dia, o médico fica para a próxima semana, a dieta? Essa fica para o próximo verão. Mas infelizmente uma hora essa conta chega. O problema é que a grande maioria desses que deixavam tudo para amanhã, agora querem tudo para ontem, e com isso, somado a desculpa da “falta de tempo”, acabam procurando alternativas milagrosas e muitas vezes pouco seguras. Mas quando a questão é emagrecimento ou ganho de massa magra não existe milagre, tudo é questão de determinação, persistência e organização!! Vai começar uma dieta? Sua vida é uma correria? Segue algumas dicas que vão te ajudar a resolver esse problema. 1 – Faça compras semanais: Eu sei, o tempo é pouco. Mas separe um dia na semana para planejar suas refeições e comprar o que você precisa para prepara-las. Não ter opções te fará comer o que não deve. Evite comprar o que você não deve ou não pode comer. 2 – Sempre que possível, prepare seus alimentos e congele: Separe um dia na semana ou até mesmo no final de semana e prepare as refeições da semana inteira. Batatas, arroz, feijão, todos podem ser preparados em grandes quantidades e congelados em pequenas porções. Você também pode preparar o frango, desfiar e deixar pronto na geladeira. Ele é ótimo para incrementar saladas, rechear tapiocas e omeletes. 3 – Prepare seu lanche na noite anterior: Se você passa o dia fora e não encontra opões saudáveis nos lugares que frequenta, leve seu lanche de casa. Antes de dormir deixe tudo organizado para o dia seguinte. Se você gosta da salada fresquinha, essa também é a hora de prepara-la. Mas se isso não for um problema para você, faça em uma quantidade maior e guarde em potinhos bem fechados para dois ou três dias. Deixe os tomates para cortar na hora. 4 – Sempre tenha um socorro perto de você: Barras de proteínas ou de oleaginosas, castanhas, amêndoas, frutas secas ou frescas são sempre uma boa opção para levar para qualquer lugar. No caso de não ter tempo para comer, você não vai precisar optar por uma opção “ruim”. 5 – Prefira restaurantes variados: Se for comer fora, quanto mais variado melhor. Você provavelmente encontrará uma opção que se encaixe no seu plano. E não esqueça, escolha dentro das suas opções o que no momento for mais saudável. 6 – Frutas também podem ser congeladas: Acabou a desculpa de não comprar porque estragam fácil. Descasque-as e/ou higienize-as e guarde no congelador. São ótimas com iogurtes, para sucos e até mesmo para versões saudáveis de sorvete. 7 – Não tenha medo de errar: Furou a dieta? Recomece! Persistência também é muito importante. Muitas vezes o que te falta é colocar a sua alimentação e a sua saúde como prioridade na sua vida. É aquela velha frase tão clichês para relacionamentos: “Quem quer arruma um jeito, quem não quer arruma uma desculpa”. Como anda a sua relação com você mesmo? Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P
‘Uma aprendizagem ou O livro dos prazeres’, sexto romance da escritora Clarice Lispector, é o livro do mês de julho no clube de leitura ‘Leia Mulheres’ em Mossoró. O clube mossoroense, que integra o movimento de leitura nacional homônimo, seleciona todos os meses um livro para ser lido e debatido no último domingo de cada mês. A estudante de Direito Fernanda Isla, uma das organizadoras do clube em Mossoró, explica que “às mediadoras sugerem livros para que o grupo possa debater”, mas que a escolha das obras “costumam ser feita de forma coletiva, por todas as participantes no encontro”. “O ‘Leia Mulheres’ é um movimento de leitura que está presente por todo o país. No Rio Grande do Norte já nos organizamos em cinco cidades: Natal, Parnamirim, Assú, Apodi e aqui em Mossoró”, informa Fernanda. “No último domingo de cada mês nos reunimos no Memorial da Resistência, no centro da cidade, para lermos obras de escritoras brasileiras e estrangeiras. Esse mês iremos nos reunir no dia 29 para debater o livro da Clarice”, declara Roberta Pereira, estudante de filosofia, que será uma das mediadoras no encontro. “Nosso objetivo nos encontros é incentivar uma maior leitura e a publicação das obras de autoras mulheres; é diversificar o mercado editorial, que ainda é predominantemente masculino”, completa a estudante. Os encontros do ‘Leia Mulheres’ em Mossoró é aberto ao público e tem início às 16 horas no Memorial da Resistência. “O encontro é feito para quem leu e para quem não leu os livros: é para todas. Venha e descubra uma obra e uma autora por quem se apaixonar”, convida Roberta Pereira. Mais informações em: leiamulheres@gmail.com
Uma das melhores vitrines para qualquer negócio são as redes sociais. Nesses canais, é possível estabelecer um relacionamento com o seu público de interesse, criar conexão, trocar ideias e promover produtos e serviços. E tudo isso com recursos que permitem acompanhar o que está funcionando ou não. Se o seu negócio já tem uma página nas redes sociais, vale a pena verificar o sucesso das ações e começar agora mesmo um plano de ataque para bombar os resultados! Faça o checklist que preparamos para você e confira o que pode ser melhorado já, para começar imediatamente a trazer mais clientes e vendas para a sua marca: 1)      O seu negócio está nas redes sociais certas? Para ter sucesso é preciso estar nos canais que de fato são usados pelos clientes. Não sabe quais são? Então, é só conversar com as pessoas que já compram de você e descobrir. 2)      A sua página tem uma imagem, uma identidade visual, bem definida? É muito importante que a sua marca seja bem trabalhada e facilmente identificada pelos clientes. Trabalhe as capas, posts e outras interações, sempre projetando a sua logomarca e usando as suas cores e tipo de letra, por exemplo. 3)      Há uma periodicidade bem definida nas postagens? Não adianta publicar muito conteúdo em um dia e depois ficar semanas sem se comunicar. Nas redes sociais, é fundamental ter ritmo e estar presente sempre. Então, veja os melhores horários e dias da semana para criar um calendário de publicações. 4)      Hoje a sua marca publica 80% de conteúdo para 20% de promoção? Apesar de querer vender, aposte mais na conexão com os seus clientes e em entregar conteúdos relevantes, de valor, sobre comportamento, curiosidades, tendências etc. E use somente 20% das publicações para promover as vendas e ofertas. Dessa forma, o seu público confiará mais na marca e frequentará mais a sua página. E tudo isso facilitará a conversão de vendas. 5)      Você realiza ações para interagir com as pessoas da página? A interação é uma poderosa estratégia digital. Então, realize concurso cultural e outras iniciativas que permitam aos usuários se relacionarem com a marca, aparecerem e ainda compartilharem as publicações. 6)      A sua marca faz impulsionamentos e outras ações de publicidade? Hoje é imprescindível investir um pouco em publicidade, para promover posts ou anúncios, por exemplo. Assim, além de trazer mais pessoas para a sua página, você ainda aumenta o alcance orgânico, ou seja, os seus posts aparecem para mais pessoas sem pagar por isso. 7)      Você acompanha os indicadores das redes sociais? Confira o número de curtidas na página e nos posts e também aproveite para usar os recursos que cada rede social tem, para verificar o engajamento. Ou seja, quantas pessoas compartilham e fazem outras ações com as suas mensagens. Aproveite para ver os temas que mais fazem sucesso e aposte mais nesse tipo de post. Quer ter mais ideias? Acompanhe a sua concorrência e o mercado e veja os resultados deles e o que estão fazendo nas redes. Cuidar da sua marca nas redes sociais pode parecer que dá muito trabalho. Mas, na verdade, é uma das mídias de maior impacto e melhor relação custo x benefício para se comunicar com os seus clientes e aumentar as vendas. Então, faça o teste e comece agora mesmo a aplicar os recursos que farão a sua página ter ainda mais sucesso! Mônica Lobenschuss é fundadora da rede de franquias de mídias sociais Social Lounge.
Parecem até sinais de uma doença não é mesmo? Mas não são. São calos de amamentação ou de sucção em um bebê recém-nascido que mama muiiito! 😍 . 👶🏼 Nos primeiros dias, em alguns bebês recém-nascidos que amamentam exclusivamente no peito 🤱🏽, é normal que apareçam pequenas bolhas/vesículas devido à fricção constante dos lábios no peito da mãe, estimulando a produção, e consequentemente acumulação de queratina no interior dos calos, deixando-os semelhantes a pequenas “almofadas esbranquiçadas”. . 🌈 À medida que a pele do lábio vai sendo esfregada, alguns calos saem, outros novos surgem, até que ela se acostume, e por fim parem de ser formados. Normalmente isto acontece já no segundo mês, ficando comumente só um pequeno botão calejado no centro e na parte superior do lábio superior, e geralmente sem líquido em seu interior. . . ⏳Não tem o que ser feito, a não ser esperar o tempo passar para que saiam naturalmente, aliás não se deve de forma alguma tentar tirá-los, pois pode ferir os lábios e provocar inclusive inflamação e infecção. Caso isto aconteça, procure um Odontopediatra ou Pediatra. Pode-se passar uma película de vaselina a fim de se evitar traumas ou feridinhas locais. . ✅ Isto é um dos exemplos de coisas que são normais em bebês, mas que pode surpreender os pais, e desta forma com essa informação pode-se evitar preocupações desnecessárias.
O Mundo conheceu o novo campeão de uma Copa que, com absoluta certeza, já deixou saudades. Uma Copa feita em um país conhecido por problemas políticos, questões sociais bastante complicadas, que não cabe a mim em poucas linhas dizer os horrores que existem na Rússia, mas que até foram esquecido por um mês pelo “calor” que traz uma competição dessa magnitude e a oportunidade de confraternizar com diferentes raças, povos e cores, entre a alegria e a tristeza, a euforia e o silêncio. A Copa do Mundo da Rússia me trouxe esperanças e desesperanças. Ver a França como a grande campeã cheia de imigrantes deixa um belo recado a um Mundo cada vez mais hostil, segregado. Ver uma Croácia chegar à final é o fator surpresa que premia a união, o desejo de superar a dor física, o cansaço mental por um motivo maior. Ver tanto assédio às jornalistas esportivas me deu mais vontade de estudar este tema na finalização da minha graduação, mas me dá medo ao ver que, para alguns, assédio é piada e se tornou banal. Mas olha, antes de todas as vezes que a bola rolou, essa Copa serve para refletirmos. Caro torcedor, torcedora canarinho. Você que se vestiu de amarelo, verde, azul ou não vestiu nenhuma das cores do nosso país. Você que vibrou, torceu, xingou ou nem isso fez, só ficou no seu cantinho, torcendo silenciosamente. Gostaria de falar uma coisa bem séria a cada um (a) de vocês que estão usando um pouco do seu tempo para ler este texto: o melhor não precisa ser de fora, nem muito menos estritamente de dentro. A grama da França não foi mais verde que a do Brasil nesta Copa. Nem a da Bélgica, Inglaterra, Croácia etc. Nosso time não foi o melhor, nem muito menos se tornou fracasso. Não somos os mais disciplinados e éticos, mas também faltou ética às outras equipes em vários momentos, enquanto reinou a hipocrisia. Se eu pudesse fazer um único pedido a todos e todas nós até o Catar é de que saibamos enxergar as maravilhas de fora, mas jamais esqueçamos das nossas riquezas, da nossa força, do que foi feito no nosso terrão, do nosso barro vermelho. Tornou-se comum ver brasileiros e brasileiras torcendo contra a seleção por questões políticas, outras por pura escolha e eu respeito, vai de cada um. Não acredito que torcer contra a seleção vá mudar o país, mas é a minha opinião. O que na verdade acredito é que precisamos parar de só enxergar a beleza no outro, porque antes de mais nada, também existe muita beleza aqui. Da mesma forma que todos (as) nós, precisamos também aprender com o que vem de fora. Aprendermos a respeitar as cores de outras bandeiras, suas tradições, culturas. Aprender a dialogar e evoluir com erros para não insistir neles. Aprender a crescer e a saber sofrer. Não somos melhores, nem piores, apenas somos. E somos tanto, que somos penta com um futebol que marcou diferentes gerações, diferentes culturas e povos e trouxe o olhar brilhante de uma linda diversidade que faz esse mundo ser mundo. Brasil, MUNDO! Veja o quão belo é o croata, o francês, o belga, o inglês, mas repare quão diversos somos nós. Este não é um texto patriota, mas um longo desabafo de uma “analista de futebol”, que é apaixonada pela bola, mas principalmente pela diversidade que ela valoriza, proporciona e pela emoção que ela dá desde o menino do terrão até o campeão do Mundo. Que existam adversários, jamais inimigos. Que saibamos valorizar o é de dentro e de fora, sem menosprezos, depreciação, desdém. O melhor pode ser a união do que é de fora com o que é de dentro, com o que é verde, amarelo e azul, mas também é vermelho, é laranja, preto ou branco. O melhor é tudo num lugar só. É isso que a Copa também nos traz. Obrigada por ler até aqui. Larissa Maciel – estudante de jornalismo do curso de Comunicação Social da UERN
A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, e a Caixa Econômica Federal (CEF) formalizaram, nesta sexta-feira, a renovação do convênio que permite às casas lotéricas arrecadar as faturas de energia elétrica a partir deste sábado, dia 14. O acordo firmado atende à solicitação da sociedade, assegura ganhos para a Caixa Econômica Federal e para os agentes lotéricos, além de mais opções de pagamento das contas de energia para os clientes da Cosern. Além do retorno das lotéricas como canais de arrecadação, os mais de 1,4 milhões de clientes da Cosern permanecem contando com outros cerca de 300 locais de pagamento, entre a nossa rede própria “Cosern Serviços” e correspondentes bancários. A Cosern possibilita, ainda, a quitação das faturas de forma prática, sem necessidade de deslocamento, por meio de débito automático. Em respeito aos clientes, a Cosern reafirma o compromisso com a qualidade dos serviços
Cansei de esperar você reagir; Cansei de esperar uma nova atitude de ti; Cansei de esperar que viesse me procurar; Cansei de esperar que viesse me amar. As noites parecem mais escuras; A lua perdeu seu brilho e as estrelas parecem nuas. Já não escuto aquele som da brisa que me fazia suspirar com suas mãos na minha pele lisa. Quantas vezes te avisei que um dia isso poderia acontecer? Não foi uma vez, duas ou três; te avisei uma vida inteira mas você fingiu não entender. Seria mais fácil pra mim sentir raiva de você; Mas o que guardo no peito é uma gratidão pelo cuidado e zelo. Mas que pena que você não percebeu que cuidado de pai eu já tinha por demais. O que eu precisava era ser tocada e desejada por você e ninguém mais. O cansaço me impede de ir além, quero ficar quietinha sem pensar em mais ninguém. Não digo que me arrependi, só apenas que não vivi, um amor que me deixasse pronta para sentir o meu corpo magnetizar em suas ondas. Solange Santos – Comunicóloga graduada pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – Poetisa nas horas da vida
O projeto Espaço do Cuidar, organizado pelas enfermeiras da Residência Multiprofissional em Atenção Básica/Saúde da Família e Comunidade, realizará a partir do próximo mês exames de prevenção para o câncer do colo do útero. O atendimento gratuito será todas as terças-feiras, no ambulatório da Residência Multiprofissional em Saúde na Faculdade de Enfermagem (FAEN), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). O diferencial da iniciativa é que o atendimento será feito em horário especial, das 17h às 21h. A ação foi pensada na mulher que estuda e trabalha em horário comercial, que muitas vezes têm dificuldade de fazer exames periódicos de prevenção nos horários convencionais das unidades de saúde. De acordo com o Prof. Me. Lucidio Clebeson de Oliveira, os profissionais que farão os exames são do Núcleo de Enfermagem da Residência Multiprofissional. Os atendimentos deverão ser agendados previamente. “Até o momento, temos 15 agendamentos feitos”, informa o professor. Os agendamentos são feitos através do telefone 98753-5212. Para agendar a consulta é preciso nome completo, documento de identificação e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).
O programa Tudo em Dia, que vai ao ar de segunda a sexta, às 11h, na TV Terra do Sal, continua levando ao telespectador conteúdo de valor. O vice presidente da CDL Mossoró, Stênio Max esteve no #programatudoemdia para falar sobre o Dia do Comerciante , as atividades que a #cdlmossoró vem realizando para driblar a crise e sobre o possível crescimento das vendas neste ano de 2018. O professor Marcondes Martins, gestor educacional, abordou três temas importantes: empregabilidade, produção de currículo e empreendedorismo. #qualificaçãoprofissional #empreendedorismo #empregabilidade #curriculodiferenciado #entrevista #tv #aovivo E o jornalista Saulo Vale esteve no #programatudoemdia para falar sobre temas políticos e a estreia do programa Enfoque Político na grade da TV Terra do Sal. Dia 16/07, às 18h. #entrevista #estreia #politica #tv #aovivo O radialista Nivaldo Oliveira esteve no #programatudoemdia falando sobre sua trajetória de 26 anos no rádio local e do seu projeto Evangelho no WhatsApp. #radialista #projetodeDeus #evangelhonowhatsapp #entrevista #tv #aovivo O coordenador do curso de #engenhariaflorestal da @ufersa, professor Hallyson Rocha, falou no #programatudoemdia sobre o dia do Engenheiro Florestal, como eles atuam e onde podem trabalhar. #entrevista #tv #aovivo A prefeita da cidade de Martins Olga Fernandes convida os mossoroenses para o 12º Festival Gastronômico e Cultural de Martins nos dias 20, 21 e 22 de julho.  #princesaserrana #friozinho #festivalgastronômico #entrevista #tv #aovivo No dia da Saúde Ocular o oftalmologista Vanderlândio Carolino esclareceu dúvidas, deu dicas e falou da importância de cuidar da visão. #saúdeocular #visão #oftalmologia #programatudoemdia #entrevista #tv #aovivo Recebemos o premiado aluno de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN - Fernando Nícolas que neste fim de semana ganhou 2 prêmios no #intercomjuazeiro #comunicaçãosocial #premiação #entrevista #tv #aovivo A advogada Bárbara Paloma falou no #programatudoemdia sobre o Dia da Lei, os trâmites e o que nós devemos fazer para nos mantermos dentro da lei e fazê-la acontecer. #direitogeral #diadalei #entrevista #tv #aovivo O fisioterapeuta Tardely Farias conversou no #programatudoemdia sobre fisioterapia respiratória e atendimento domiciliar. #saúderespiratória #entrevista #tv #aovivo O presidente da ACIM, José Carlos Peixoto falou no #programatudoemdia sobre os 99 anos da Associação e os 30 da @ficro2018 que será realizada em novembro deste ano. #feiracomercialeindustrial #movimentamossoro #entrevista #tv #aovivo
Reta final da Copa da Rússia, tantas surpresas, desilusões, felicidades e resultados que tornam a competição em pura história. Mesmo com a fatídica eliminação brasileira, a impressão que fica, além das saudades de viver cada minuto emocionante dos jogos, é que temos lições a aprender, táticas a se observar e, até o momento, também já temos um campeão definido. Nas vitórias e nas derrotas, sempre elegemos heróis e vilões. Você, caro (a) leitor (a), sei que elegeu os seus na seleção brasileira rs. Assim como eu, que a cada partida enxerguei nossos pontos altos e baixos, vi os perigos nos jogos adversários, mas desde o início notei quem seria o campeão. Silenciosamente, assisti ele jogar, definir as jogadas, ser preciso quando podia e não podia. E deixa eu te falar, é um campeão improvável! Devo estar te “agoniando” por não dizer quem levantará a taça. Mas é que o campeão que eu me refiro não é um vencedor de batalhas dentro de campo, nem de gols incríveis, nem de táticas que dão nó em quem vier pela frente. Infelizmente, é um campeão que superou todas as nossas expectativas, mas para o pior. É mais do que a derrota da seleção, pois também tira as nossas esperanças se ele assim continuar jogando. O campeão da Copa do Mundo de erros se chama arbitragem de vídeo, carinhosamente chamado de VAR. Não queria dizer isso, pode acreditar. Me dói bater de frente com uma tecnologia que veio na tentativa de ajudar, de solucionar as falhas humanas que interferem nos resultados. Mas é aí onde mora o problema: no time chamado arbitragem de vídeo, o artilheiro ainda é o humano que bate a cabeça com as regras, insiste em errar tendo um novo braço a seu favor. Concorda que nessa Copa tivemos bom futebol? Tivemos equipes em alto padrão, jogando o fino da bola e outras se autosuperando? Aposto que você também sentiu um frio na barriga quando esperou o árbitro olhar lá na “tvezinha” se foi pênalti, impedimento ou falta. A grande verdade é que a bola no pé brilhou, encantou nossas tardes e manhãs, mas o apito na boca e o olhar no vídeo deixou a desejar. Trouxe um campeão de erros, que se assim continuar, pode acabar sendo como um chute sortudo de longa distância, que passa rapidamente, marca a dor da derrota e a felicidade da vitória, mas é só. Gostaria, amigos e amigas, de voltar aqui nesta coluna para dizer que o VAR se olhou no espelho e corrigiu seus erros, calando a boca dessa pessoa que vos fala rs. Mas, neste momento, insisto: o campeão da Copa do Mundo da Rússia já é o VAR. Pelo egoísmo para consertar os próprios erros, pela falta de senso ao não seguir rigorosamente os novos critérios, pelo salto alto de alguns árbitros autossuficientes. Nenhum time de futebol é tão prepotente assim para, durante a partida, não enxergar seus pontos. erros e tentar evoluir. Que sejamos humanos ou não, tecnológicos ou não, mas sejamos justos. O VAR ganhou essa taça, mas justo ele não foi. Larissa Maciel – estudante de jornalismo do curso de Comunicação Social da UERN