Browsing Category

Blogada

Já está em circulação a nova edição nacional da Revista Criare, que traz como um dos seus destaques a cidade de Mossoró. O histórico de resistência, liberdade e os aspectos econômicos e culturais do segundo maior município do Rio Grande do Norte são ressaltados na publicação, que circula em todas as lojas da rede Criare espalhadas pelo Brasil. Mossoró é apresentada na revista pelo empresário Valney Dantas, que comanda a Criare local ao lado de Sílvia Roberta. A reportagem faz parte da seção “Giro Brasil”, que se propõe a mostrar os atrativos e a cultura de cada cidade onde a Criare está presente atualmente. “Falar sobre Mossoró é falar sobre uma paixão que cada um de nós, mossoroenses, carrega no peito. É falar sobre resistência, bravura, cultura, e, acima de tudo, sobre a coragem de superar os desafios e seguir em frente, característica tão marcante em nosso povo”, pontua Valney Dantas. A revista já está disponível na Criare Mossoró e pode ser acessada também através do link http://criare.com/public/. A publicação é direcionada para lojistas, arquitetos, designers de interiores, clientes e formadores de opinião. A distribuição é gratuita.
O Núcleo de Fraternidade Espírita Irmã Angélica está arrecadando brinquedos para distribuir a crianças carentes do conjunto Abolição II e adjacências. A ação traz como tema “Neste Natal faça uma criança feliz”. A iniciativa é realizada todos os anos. O objetivo é incentivar solidariedade nos cidadãos, além de despertar a consciência de que um simples gesto solidário pode tornar o Natal de centenas de crianças mais feliz. Os itens arrecadados serão doados em momentos festivos realizados nos dias 16 e 17 de dezembro, respectivamente, no Núcleo de Fraternidade Espírita Irmã Angélica e na Unidade de Educação Infantil (UEI) do Parque das Rosas. As atividades contam com momentos de lazer e a entrega de lanches, lancheiras e os brinquedos. Os interessados em contribuir com a campanha pode fazer a doação de brinquedos no Núcleo de Fraternidade Espírita Irmã Angélica, situado à rua Luiz Ludugero, S/N, Abolição II, por trás do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). As doações podem ser feitas às segundas-feiras e quartas-feiras, a partir das 19h, até o dia 14 de dezembro.
Olá, Pessoas! Hoje resolvi trazer algo diferente para nossa coluna, convidei uma amiga, também nutricionista para falar um pouco sobre o tema “Obesidade na Infância”. Keicy Vieira é Nutricionista formada pela Universidade Federal de Campina Grande e durante sua carreira acadêmica se dedicou a uma área de pesquisa conhecida como, Nutrição e Saúde Coletiva, onde a maioria dos estudos são direcionados a saúde pública da população. A maioria das pesquisas realizadas por ela foram, no entanto, dedicadas ao público infantil, com temas específicos em Educação Alimentar e Nutricional (EAN), com enfoque na prevenção e tratamento dos desequilíbrios nutricionais na infância (Obesidade e Desnutrição). Tendo inclusive participado do livro “Repasto Literário: Promoção da alimentação saudável e contação de histórias”. Que está sobre organização das professoras: Dra. Michelle Medeiros e Me. Vanille Pessoa. O livro traz contos e histórias sobre alimentação e pode ser usado como estratégia de EAN, tanto em casa como nas escolas. Pergunta: E para começar eu gostaria de perguntar pra ela qual é o cenário atual e quais são as previsões futuras a respeito da obesidade na infância? R: Olá Marina, antes de responder eu gostaria de agradecer o convite e dizer que é um prazer está vindo aqui na sua coluna falar de um tema tão importante e que merece uma discussão ampla, principalmente nas mídias sócias. O cenário atual já é bem preocupante, As estatísticas mostram que, em 2014, 11% dos homens e 15% das mulheres com 18 anos ou mais estavam obesos e que mais de 6% das crianças abaixo de cinco anos já estavam com sobrepeso. E As previsões, só assustam, segundo a OMS o número de crianças com obesidade no mundo pode chegar a 75 milhões em 2025. A causa fundamental da obesidade e do sobrepeso é um desequilíbrio energético entre as calorias ingeridas e as calorias gastas. Assim, qualquer fator que eleve o consumo de energia ou diminua o gasto energético, pode causar obesidade em longo prazo. A importância desta condição na infância ocorre em função da complexidade do tratamento e da elevada possibilidade de persistência deste quadro na vida adulta. Pergunta: E quais são as principais causas/fatores da obesidade na infância? R: O aumento da prevalência do sobrepeso e obesidade são atribuídos a uma série de fatores, incluindo uma mudança global na dieta e uma menor tendência na prática de atividade física. Além disso, pode haver influências sociais, fisiológicas, metabólicas e genéticas. Uma criança com pais obesos, por exemplo, estará predisposta a ser obesa também, seja por uma questão social, de mal hábito alimentar, ou pela genética. Também pode apresentar obesidade em caso da criança sofrer algum transtorno psicológico. Pergunta: A longo prazo, por que devemos nos preocupar tanto? R: A prevalência da obesidade infantil vem apresentando um rápido aumento nas últimas décadas, sendo caracterizada como uma verdadeira epidemia mundial. De fato é bastante preocupante, pois a associação da obesidade com alterações metabólicas, como a dislipidemia, a hipertensão e a intolerância à glicose, até alguns anos atrás, eram mais evidentes em adultos; no entanto, hoje já podem ser observadas frequentemente na faixa etária mais jovem. Pergunta: E quais são os principais cuidados que devemos tomar com os nossos pequenos para evitar o ganho de peso em excesso? R: As dicas que eu irei dá aqui estão relacionadas a orientações gerais para uma conduta alimentar saudável, são 13 passos: 1 – É preciso ter horários fixos para as refeições e lanches (2 a 3 horas de intervalo); 2 – Fazer de 5 a 6 refeições diárias ; 3 – O tamanho do prato da criança deve ser proporcional a sua aceitação; 4 - Tornar a sobremesa/doce parte da refeição, e não utilizá-la como recompensa; 5 - Evitar a oferta de líquidos durante as refeições, isso pode provocar a distensão do estômago, o ideal é oferecer água nos intervalos e sucos 150 ml/dia; 6 – Salgadinhos, balas e doces devem ser evitados; 7 – Acomodar a criança a mesa nas refeições o ambiente deve ser calmo e sem estímulos externos como televisão e celulares. 8 – Envolver a criança nas tarefas ligadas a alimentação; 9 – Evitar a monotonia alimentar; 10 – Limitar a ingestão de alimentos com excesso de gordura, açúcar (industrializados); 11 – Evitar alimentos ricos em gorduras trans e sódio (industrializados); 12 – Oferecer alimentos ricos em ferro, cálcio, vitamina A e D e Zinco; 13 – Envolver a criança em alguma atividade física. Além delas é bom ficar de olho na fase da introdução alimentar da criança, antes dos dois anos de idade deve ser evitado alguns alimentos como, açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas e usar sal com moderação. E pra encerrar é importante lembrar que a alimentação é um aspecto fundamental para a promoção da saúde e no cuidado da saúde da criança. Porém, nosso hábitos alimentares são construídos no decorrer de toda uma vida, dessa forma, não devemos abordar um tema tão delicado como alimentação, apenas no ângulo da saúde. É muito mais que isso, comer e nutrir vai além do mero ato biológico, e entender e respeitar isso é primordial para construir estratégias eficazes contra a desnutrição e principalmente contra a obesidade. Ou seja, devemos criar as nossas crianças dentro de um universo onde se fale sobre alimentação, devemos envolvê-las nesse tema. Quer uma boa dica? Conte histórias para seus filhos que falem sobre alimentação saudável, os deixem conhecer os alimentos, participarem das preparações... E como a nutri Marina Castro sempre diz, Nutrição não é receita de bolo, procure um nutricionista e pense no presente e no futuro do seu filho. Segue o link do livro citado à cima para quem tiver interesse na leitura: Ideias na Mesa  Beijos da nutri Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P
O Partage Shopping Mossoró realiza a Black Friday, que neste ano acontecerá entre os dias 24, 25 e 26 de novembro. A data mundialmente trabalhada pelo varejo, é uma oportunidade para os clientes encontrarem promoções e preços baixos, os produtos mais procurados são eletroeletrônicos, como celulares, computadores e aparelhos de televisão. O horário de funcionamento será diferenciado, estendendo-se uma hora a mais. Na sexta e no sábado às 23h, e no domingo às 21h. Em 2017, a Black Friday do empreendimento contará com cobertura em tempo real das promoções, interação nas redes sociais e desafio preço baixo das blogueiras, são aproximadamente, 60% de lojas participantes, com descontos de até 70%. Para ajudar os clientes na busca do melhor produto com o menor preço, o Partage Shopping Mossoró convidou as influenciadoras digitais Karen Praxedes, Gabi Colaço e Kadidja Nascimento. A partir das interações nas redes sociais, elas tentarão encontrar os produtos desejados, e no sábado, 25 de novembro, farão o Desafio Preço Baixo das Blogueiras, competindo na busca de looks completos pelo menor preço. SERVIÇO: BLACK FRIDAY LOCAL: PARTAGE SHOPPING MOSSORÓ DATA: 24, 25 E 26 NOVEMBRO 2017 VENHA AO SHOPPING E CONFIRA A BLACK FRIDAY
A Radio Libertadora de Mossoró opera, em fase experimental, em frequencia modulada 96.3. É a nova era da emissora que sai da amplitude modulada (AM) para a FM. A emissora que ainda possui o prefixo 1.430 kHz na frequência AM cumpre determinação nacional e do Ministério Público Federal. A rádio, de antiga propriedade do senador José Agripino, foi negociada há uns anos com a Assembleia de Deus de Mossoró que a comprou por 2,5 milhões. Desde outubro de 2012, a rádio era arrendada pela igreja, com a chegada do pastor Francisco Miranda, presidente da Assembleia de Deus em toda a região Oeste. Com a compra, a rádio – agora da Assembleia de Deus – está a ser transmitida na Frequência Modulada (FM) 96,3. HISTÓRIA RECENTE - A Rádio Libertadora faz parte do sistema de comunicação da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Mossoró/RN. Atuou no mercado por vários anos com diversas programações, sendo que a partir do dia 1 de Janeiro de 2013, a mesma foi arrendada pela Igreja, na gestão do Pastor Francisco Cícero Miranda (atual Pastor Presidente), que viu a oportunidade de propagar ainda mais o evangelho nesta cidade. Hoje, a Rádio desenvolve uma programação de 16h por dia, levando a palavra de Deus e muitos louvores para mais de 200 municípios nos estados do Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba, com um transmissor de 10kw de potência, além de contar com ouvintes de todo o mundo através do www.radiolibertadora.com.br. Única na cidade de Mossoró/RN com programação 100% evangélica, a rádio Libertadora é mantida por colaboradores voluntários de toda região, além de parcerias com empresas privadas. Além da programação interna, a rádio transmite cultos e diversos trabalhos da Assembleia de Deus. Hoje referência na cidade, a rádio tem levado diariamente paz e conforto aos lares dos ouvintes, através de orações, testemunhos e lindas canções.
A empregada doméstica Lucicreide (Fabiana Karla) é uma dessas pessoas cuja a vida é uma batalha inglóra: seu marido a abandonou, seus filhos fugem cada vez mais ao seu controle e sua sogra se instalou em sua casa contra sua vontade. Saturada das responsabilidades, ela permite que o filho de seus patrões a inscreva na viagem especial que levará o primeiro homem ao Planeta Vermelho, sem se dar conta de que essa decisão impulsiva a transportará para uma aventura diferente de tudo que ela já vivenciou. O filme "Lucicreide vai pra Marte", protagonizado pela atriz Fabiana Karla, tem seu orçamento de quase R$ 6 milhões aprovado pela Ancine, tornando-se o maior investimento já feito no cinema fora do eixo Rio-São Paulo. Com produção da ZQUATRTRO Studio, Fox e Telecine, o longa será rodado em Pernambuco, com distribuição nacional pela Downtown Filmes. A direção será do estreante Rodrido César, com produção executiva de Fabiana Karla e Tom Nogueira. A mossoroense Dona Irene, super star das redes sociais, vai participar do longa. Para criar um universo fiel à realidade do treinamento espacial, a produção contratou o astronauta brasileiro Marcos Pontes, que presta consultoria especializada ao filme. Em janeiro deste ano o diretor Rodrigo César esteve no Kennedy Space Center no Cabo Canaveral, nos Estados Unidos, em uma viagem de pesquisa de locação guiada pelo astronauta Marcos Pontes.  Data de lançamento 7 de junho de 2018 Direção: Rodrigo César Elenco: Fabiana Karla, Nelson Freitas, Adriana Birolli, Dona Irene Gênero Comédia Nacionalidade Brasil
A cada dia, mais jovens estão apresentando perda de audição causada pelo uso irregular de fones de ouvido. O alerta é feito pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa). “Os adolescentes usam esse equipamento de som com volume muito alto. A gente vem notando que a audição deles não é tão normal como antigamente, já tem mais perda. E se continuar a usar esse som alto, eles terão uma perda irreversível, não volta mais ao normal”, disse a presidente do CFFa, Thelma Costa. Segundo ela, as perdas auditivas por causa de ruído estão aumentando entre a população, tanto por ruído industrial, quanto por equipamentos de som. Ela cita como exemplo o caso dos músicos, lembrando que existem protetores auditivos que selecionam o som. “Então, eles conseguem seguir com a profissão e estão se prevenindo, o que não acontece com os adolescentes. A presidente do CFFa orienta os pais e responsáveis a monitorar o volume dos fones de ouvido. “Se você estiver a 1 metro da pessoa e ouvir o que ela está escutando, ela provavelmente terá uma perda de audição. A 1 metro de distância, você não deve ouvir o que a pessoa está escutando no fone de ouvido”, reforçou Thelma, que é especialista em audiologia. A orientação é baixar o volume. Segundo ela, já houve uma proposta de projeto de lei no Congresso Nacional para que esses equipamentos tenham controle máximo de volume, mas ele não foi aprovado. Além disso, a fonoaudióloga explicou à Agência Brasil que as escolas precisam pensar melhor na estrutura das salas de aulas, para que sejam construídas em locais mais silenciosos ou com melhor acústica. Prevenção e tratamento Hoje (10), no Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez, o CFFa alerta que existem várias situação que podem causar problemas de audição e muitos delas são preveníveis. Thelma explica que as causas para a perda de audição dependem da fase da vida. Os bebês, por exemplo, podem nascer com deficiência auditiva por problemas na gestação, quando a mãe é usuária de drogas, teve sífilis ou rubéola durante a gravidez, ou problemas no parto. “Por isso é importante fazer o teste da orelhinha na maternidade, para saber se nasceu surdo ou não e intervir, se necessário”, disse. No caso das crianças, as otites devem ser tratadas com cuidado e a vacinação deve estar em dia. Doenças como meningite e caxumba podem causar perda de audição, por exemplo, e há vacinas disponíveis na rede pública. No caso dos adolescentes, além do uso irregular dos equipamentos de som, eles podem ter as mesmas patologias das crianças. Fonte: Portal No Ar.
A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – e a Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA – unem-se mais uma vez para compor a Revista Conhecimento Contábil. Periódico está em sua 5ª edição, de publicação semestral, gratuita, exclusivamente por via eletrônica, cuja editoração envolve, de forma pioneira no Brasil, 3 Cursos de Ciências Contábeis destas duas Universidades Públicas. Os órgãos proponentes são o Departamento de Ciências Contábeis (UERN Campus Central), Departamento de Ciências Contábeis (UERN Campus Patu) e Departamento de Agrotecnologia e Ciências Sociais (UFERSA Campus Central), bem como de seus respectivos grupos de pesquisas institucionalizados e cadastrados no CNPq. A Revista Conhecimento Contábil torna disponíveis na íntegra os artigos completos, referentes as seguintes temáticas: · MENSURAÇÃO DE DESEMPENHO NO SETOR DE SERVIÇOS: UM ESTUDO DE CASO EM ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE DA CIDADE DO RECIFE. · GOVERNANÇA CORPORATIVA, VALOR E DESEMPENHO ECONÔMICO: ESTUDO NAS MAIORES EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO DA BM&BOVESPA · ANÁLISE DA VOLATILIDADE DOS RETORNOS DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL E DO ÍNDICE BOVESPA · DETERMINANTES DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA DE ESTUDANTES DOS CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE DO CAMPUS IV DA UFPB · ENDIVIDAMENTO PÚBLICO: uma Análise da Dívida Consolidada e dos Resultados Nominal e Primário dos Municípios Catarinenses. A Revista é classificada pelo CAPES com qualis B4, cuja editoração envolve, de forma pioneira no Brasil.  A equipe editorial já trabalha na avaliação de artigos científicos do sexto número deste periódico, que será publicado no primeiro semestre de 2018. A forma de recepção de artigos para submissão é contínua, bastando os interessados em publicar seus artigos acessar o endereço eletrônico http://periodicos.uern.br/index.php/ccontabil e seguir as orientações. Acesse a revista AQUI.
A UERN TV Notícias produziu matéria sobre o lançamento do Manual de Media Training. Uma ferramenta que apresenta a importância de se comunicar bem, de forma clara e objetiva, estabelecendo o canal de diálogo entre a Instituição, a mídia e o público. Esse é o foco do e-book “Manual de Media Training”, desenvolvido por 11 estudantes do 6º período das três habilitações de Comunicação Social – Jornalismo, Radialismo e Publicidade e Propaganda – Campus Central, UERN. https://youtu.be/AIyoP8hdcvo Baixe o manual AQUI.
Hoje, 7 de novembro, é o dia oficial dos Radialistas, mas muitos ainda comemoram no dia 21 de setembro.  A comemoração do Dia do Radialista ainda hoje acaba gerando um pequena confusão... Por anos e anos, a data foi lembrada no dia 21 de setembro. Mas, uma lei federal assinada em 2006 transferiu para 7 de novembro o dia que homenageia estes profissionais do Rádio e da TV.  E assim, com a alteração, muitos passaram a comemorar o Dia do Radialista em duas datas. *** A HISTÓRIA *** Tudo teve início em 1943, no 1º governo de Getúlio Vargas. O então presidente sancionou uma lei em que fixava um piso salarial, ou remuneração mínima para os profissionais da categoria. A data, 21 de setembro, passou, dessa forma, a ser comemorada em alusão ao histórico decreto. Consta que a Rádio Nacional do Rio de Janeiro foi quem realizou as primeiras comemorações para o Dia do Radialista, ainda na década de 1940. Em 2006, o presidente Lula assinou a lei nº 11.327 que institui o dia 7 de novembro como a data de comemoração oficial do Dia do Radialista. A mudança aconteceu em decorrência a uma homenagem ao músico e radialista Ary Barroso. Barroso nasceu no dia 7 de novembro de 1903 em Ubá, interior de Minas Gerais. Autor de sambas como “Aquarela do Brasil”, sua paixão pelo Rádio foi verificada principalmente na Rádio Tupy. Lá produziu e participou de vários programas e ainda foi locutor e cronista esportivo. Fonte: carosouvintes.org.br