No último dia 29 de maio, tivemos a alegria de lançar oficialmente o nosso canal no YouTube, com o link www.youtube.com/alinelinhares, no Memorial da Resistência. Um momento para convidados, patrocinadores e amigos que puderam participar deste lançamento tão desejado. Agradecemos muito a quem apoiou este lançamento: Toyolex Mossoró Edmilson Serigrafia San Delícias TV Terra do Sal Castelo Casado Pacífico Medeiros Praia Cor Comunicação VIsual Olá Agência Digital Brisanet Pâmela Morais Make up M Morena Fotos: Fernando Nícolas
Crianças pequenas NÃO DEVEM TER CONTATO COM AÇÚCAR, especialmente nos primeiros 2 anos de vida! Isso porque já está mais que comprovado, cientificamente, que os primeiros mil dias de vida (da gestação aos 2 anos) são cruciais para a saúde do indivíduo com repercussões por TODA A VIDA! “Mas é só um pouquinho de sorvete” ... Não! Ele não precisa. E razões para isso não faltam: * Açúcar branco é caloria vazia, não tem nenhum nutriente importante para o organismo. * Quando em excesso, aumenta muito a chance de obesidade, diabetes, câncer e várias outras doenças. * Entre 1 ano e meio e 3 anos o apetite dos pequenos diminui e eles entram numa fase chamada “mini-adolescência”. Muitos “param de comer” ou tornam-se seletivos. Aqueles acostumados a comer açúcar, certamente, enfrentarão muito mais dificuldades nessa fase e a família sofrerá mais. * Quanto mais oferecermos os alimentos adoçados artificialmente, mais a criança vai preferir esse tipo de alimento e mais difícil será introduzir outros sabores. * O açúcar mascara o sabor original do alimento e a criança tende a recusá-lo quando oferecido da forma natural. Lembre-se: A criança está conhecendo tudo. Ele vai aprender o que VOCÊ ensinar! A necessidade de comer alimentos doces é do ADULTO. Ele não sabe que um suco tem que ter açúcar, não sabe que uma fruta pode parecer "melhor" com achocolatado. O carboidrato que ele precisa para ter energia já está presente nas frutas e na comida em quantidades suficientes. Se adicionamos açúcar, começamos a vida dele com excessos, e, no futuro, poderemos nos arrepender! O futuro alimentar do seu filho depende única e exclusivamente de você. Com o tempo, de forma natural ele vai conhecer alimentos industrializados e adoçados, na escola, por exemplo. Mas isso não será um hábito na vida dele. Quantas coisas você não come hoje e diz que “não era costume na minha casa”? Pense nisso! Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P
A retomada da economia, segundo indicadores oficiais, acontece de forma lenta. Em Mossoró, os reflexos desse cenário podem ser sentidos no emprego, que segue com saldo negativo. Em abril, foi registrada retração de 204 vagas formais de trabalho. Mas, alternativas que facilitam o acesso ao mercado de trabalho, como agências de encaminhamento, estão sendo usadas por jovens para espantar o fantasma do desemprego. Essa foi a estratégia utilizada pelo estudante Paulo Isaac Oliveira, 18, que estava desempregado há quatro anos. Ele voltou ao mercado de trabalho através de encaminhamento feito pela Agência de Emprego Cebrac, e está otimista com a oportunidade. “Pude saber o quanto é complicado ficar sem emprego, e agora, graças ao auxílio da agência, consegui retomar ao mercado, através de encaminhamento. Esta é a oportunidade que esperava há muito tempo”, comemora. Qualificação Bárbara Paiva, 19, é outro exemplo de que, apesar do momento difícil da economia, é possível conquistar a tão desejada vaga de emprego. Assim como Paulo, ela apostou na agência de encaminhamento e num item que se tornou diferencial quando o assunto é mercado de trabalho: a qualificação. “Eu faço o curso de assistente administrativo no Cebrac, e acabo de conquistar meu primeiro emprego, com apoio da escola e da agência, que tiveram papel decisivo no processo. Agora vou poder pagar meu curso com meu próprio salário”, detalha. Diferencial A gestora do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), Renata Brito, é categórica. Para ela, buscar auxílio da agência e investir em qualificação profissional fará a diferença na hora de buscar uma vaga no mercado de trabalho. “A agência direciona o candidato para a vaga que possui o perfil detalhado no currículo, e ter qualificação profissional colocará este candidato à frente dos demais. Não tem segredo”, pontua. A agência não tem fins lucrativos e oferece um banco de currículos, onde a contratante parceira busca profissionais adequados ao perfil que procura. No mês passado, a Agência Cebrac de Empregos encaminhou dezenas de candidatos a vagas disponíveis em empresas parceiras, o que resultou em 10 contratações.  “É muito simples ser parceiro da Agência de Emprego Cebrac. Estamos à disposição na nossa sede, Rua Francisco Ramalho, Centro, vizinho à capela de São Vicente, fone 3316-8331, whatsapp 99967-0340. Também poderemos visitar a empresa interessada”, informa Renata Brito, gestora do Cebrac. Encaminhamento Para o candidato, a vantagem é que a agência o encaminha à vaga mais adequada ao perfil dele. Basta apresentar currículo para avaliação. E o candidato não necessariamente precisa ser aluno do Cebrac, embora ele tenha prioridade pela garantia da qualidade em sua qualificação.  A agência, como o Cebrac, existe em todo o país. “Estamos trazendo essa experiência exitosa em outros Estados para Mossoró”, destaca. A escola funciona na cidade acerca de três anos e oferece, para jovens a partir dos 12 anos, cursos de Assistente Administrativo, Atendente de Farmácia e Inglês.
Me diz aí seu moço, o que é essa dor que sinto no peito, que me faz crê que minha alma está sendo rasgada? Pois é, já tomei remédio mas a marvada não passa. Só sei que a dor é tanta que os zoi se enche d'água. Ouvi falar que que esse má se chama sardade. Esse trosso machuca viu, as vezes miora quando quando nós pensa na razão, na pessoa que provoca. Aí vem as lembranças do que viveu, das coisas que ouviu, mas seu moço, não demora muito, pro peito de nós começar a doer. Será que um dia vão achar a cura? Será que um dia vou me ver livre desse má que teima em ficar comigo? Enquanto os dotô aquele povo sabido, não descobre a cura, leve um recado seu moço pra quem me faz falta, que tô sentindo muita sardade. Que um dia eu ai de encontrar. Ai cê pode ter certeza, que o abraço que eu vou dar vai ser tão grande, que duvido eu não me curar! Foto: Pacífico Medeiros Solange Santos - Comunicóloga graduada pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – Poetisa nas horas da vida
Na noite da quarta-feira, dia 23 de maio, o Grupo Rebouças Supermercados inaugurou o Dia a Dia Atacarejo, no prolongamento da Avenida Rio Branco, bairro Santo Antônio, loja que atenderá Mossoró e região. Inicialmente o atacarejo já beneficia a cidade com 300 empregos gerados diretamente, além dos indiretos. Foram mais de 18 milhões de reais investidos em uma área de 17 mil metros quadrados. Vida longa e que venham mais empregos para esta cidade. Fotos: Célio Duarte
A ansiedade aflige cada vez mais a população mundial. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 9,3% dos brasileiros apresentam os sintomas da patologia. Provocando uma bagunça nas emoções e refletindo diretamente na saúde dos indivíduos. Em excesso, a mesma desencadeia uma sensação de mal-estar frequente, angústia ao que está por vir. Além de sintomas físicos, como dores pelo corpo, dificuldade para se alimentar ou até mesmo ataques de gula, sendo os sintomas características muito particulares de cada indivíduo. A ansiedade possui tratamento para controlar os sintomas, mas a alimentação também pode auxiliar nesse processo de forma natural. A seguir, 7 dos principais alimentos responsáveis por esse feito: 1 – Peru, frango e peixes gordurosos. Gema de ovo, abacaxi, banana, abacate, ameixa seca e algumas algas marinhas, como a espirulina: Esses alimentos são ricos em triptofano, aminoácido que tem como característica, contribuir para a maior liberação da serotonina, hormônio que ajuda a equilibrar o estado mental. 2 – Invista em frutas no geral: Maçã, uva, morango, laranja e outras frutas cítricas. Essas, combatem o mau humor, auxiliam no bom funcionamento do sistema nervoso, relaxam os músculos e combatem a fadiga e o estresse. 3 – Alface: Fonte de folato e lactucina — compostos de ação calmante, que auxiliam na prevenção da depressão e quadros de confusão mental. 4 – Espinafre e outros vegetais escuros: Contribuem para a sensação de felicidade. Além de serem ricos em ferro, contém grandes quantidades de ácido fólico, responsável por melhorar a saúde do sangue e do sistema imunológico. Aposte também em outros vegetais escuros, como couve, agrião e brócolis. 5 – Oleaginosas: Castanhas, amêndoas, nozes e avelãs, são ricas em ácidos graxos e nutrientes com ação antioxidante, propriedade auxiliar nos transtornos depressivos. Prefira as versões in natura. 6 – Chá de Camomila, Erva-Cidreira e Valeriana: Ambos possuem efeito calmante. Além de controlar os níveis de estresse e ansiedade, eles também podem ser usados para combater a insônia, nervosismo e depressão. A ingestão diária do chá de algumas dessas ervas não deve ultrapassar três xícaras diárias. Porém, é necessário tomar alguns cuidados quando a incorporá-los no dia a dia. 7 – Chocolate amargo: O alimento contém flavonoides, antioxidantes participativos na produção de serotonina. Mas fique atento: indica-se o consumo de no máximo 30 gramas por dia. Uma alimentação balanceada pode ser mais poderosa do que imaginamos. Investir em bons alimentos é investir no seu futuro e na sua saúde. Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P
Já me fiz forte para apoiar outros. Já sorrir quando na verdade eu queria chorar. Já andei por caminhos que não me levaram a lugar algum. Já vivi experiências que me tornaram uma pessoa melhor e outras não. Já corri contra o tempo e tive a impressão que ele também corria contra mim. Já amei, já odiei, já tropecei mas levantei. Já cansei de remoer o passado e sofrer com um futuro inserto. Já decidi que vou viver o presente, as vezes acertando, outras vezes consertando os erros. O melhor lugar é o instante! A melhor hora é o agora! Solange Santos – Comunicóloga graduada pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN – Poetisa nas horas da vida
A partir do dia 24 de maio, próxima quinta-feira, o Partage Shopping Mossoró receberá a campanha Vozes da Adoção, inciativa do grupo Afeto, em parceria com o empreendimento e a Vara da Infância e Juventude de Mossoró. A ação tem como objetivo levar o debate sobre adoção de uma maneira mais acessível e humanizada, popularizando essa temática. “É muito especial o primeiro evento do grupo de apoio à adoção Afeto estar acontecendo aqui no Partage. Estamos radiantes pela possibilidade de que mais pessoas dialoguem, compreendam e até se envolvam na causa. E desejamos, principalmente, que esse evento abra portas para uma vida de mais afeto para muitas crianças e adolescentes! Está sendo preparado tudo com muito amor, está lindo!”, conta Karina Gurgel, Comissão de Eventos do Grupo Afeto. A ação também arrecadará livros para o projeto de acolhimento de crianças e adolescentes. O stand para doação estará aberto de 24 a 27 de maio, e os clientes poderão doar livros novos e usados com conteúdo e linguagem adequada ao publico infanto-juvenil. A programação terá quatro dias – de 24 a 27 de maio - de atividades com momentos artísticos, debates, palestras e depoimentos de vivências com a adoção. Confira as datas e horários: 24/05 (Quinta-feira): I - Funcionamento do Stand de Atendimento – instalação com relatos de adoção e lojinha das 16h às 22h. 25/05 (Sexta-feira): I – Funcionamento do Stand de Atendimento – instalação com relatos de adoção e lojinha das 16h às 22h. II – 19:30 apresentações artísticas do grupo AFETO na praça de alimentação: Balé (Rafael Nascimento); Kung Fu (Escola de Kung Fu Lung Fu); Coral das Crianças; 26/05 (Sábado): I – 10h: Cinema e roda de conversa. Filmes “Entrelaço” - Curta-metragem no Multicine Cinemas seguindo de roda de conversa com Ana Andréa Maux, psicóloga da Vara de Infância e juventude de Natal e integrada do jardim de histórias, e Claudianne Bessa, Assistente Social da Vara da infância e juventude de Mossoró. II – Funcionamento do Stand de atendimento – instalação com relatos de adoção e lojinha das 16h às 22h. 27/05 (Domingo): I – Funcionamento do Stand de Atendimento – instalação com relatos de adoção e lojinha das 14h às 20h.
A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) se reuniu nesta sexta-feira, 18, com representantes do Google para discutir a possibilidade de parceria para otimizar o processo de ensino-aprendizagem e atividades administrativas na instituição. O encontro por videoconferência ocorreu na Sala dos Conselhos. Na ocasião, a representante do Google no Norte e Nordeste, Renata Andrade, apresentou as ferramentas do Google Of Educacion. A plataforma tem o intuito de dinamizar o aprendizado, tornando o processo de ensino-aprendizagem mais leve e interativo. Entre os aplicativos disponíveis, está o Google Sala de Aula, que possibilita a alunos e professores compartilhar conteúdos, gerenciar atividades e terem maior interação no ambiente virtual. O processo de instalação da plataforma se dá em três etapas: consultoria técnica, formação pedagógica e acompanhamento. A Google Of Educacion já mantém parceria com diversas instituições privadas e públicas do Nordeste, inclusive com a Universidade do Estado do Ceará (UECE). “A UERN é a primeira instituição pública do RN que estamos discutindo a possibilidade de parceria”, destaca Renata Andrade. O reitor da UERN, Prof. Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto, se mostrou entusiasmado com a possibilidade de parceria para a implantação da plataforma. “É muito importante a utilização de ferramentas que venham a melhorar o processo de ensino-aprendizagem”, destaca.
Por mais que pareça, saber organizar a geladeira não é uma medida supérflua, pois estamos falando dos alimentos que nós e nossas famílias vão ingerir e consequentemente, estamos falando da nossa saúde. Não saber é mais comum do que se imagina, são poucas as pessoas que realmente sabem os locais corretos de cada alimento. Se você é uma delas, está na hora de aprender e assim, economizar e garantir a saúde, mantendo os alimentos aptos para o consumo por mais tempo. * As carnes cruas devem sempre ficar no congelador, mas para descongelá-las deve-se colocá-las sempre na prateleira mais fria da geladeira e com um pote embaixo para que o gotejamento de sangue e água não caia na geladeira nem em outros alimentos. NUNCA lave a carne antes de guardá-la!!! Carne escura não é sinal de contaminação, a carne da geladeira fica escura por falta de oxigênio. * Os ovos devem ser colocados na primeira prateleira, não na porta, assim evitam a variação térmica. Ao contrário da carne, esses devem ser lavados antes de armazenados e retirados das caixas originais, pois podem trazer microrganismos. Mas ATENÇÃO!! Cuidado ao manusear, pequenas rachaduras também podem facilitar a contaminação. * Iogurtes, creme de leite, manteiga e queijos também precisam, assim como o leite, estar bem resfriados. Esses também devem ser colocados nas primeiras prateleiras, junto com os ovos e as sobras das refeições, essas, devem ser armazenadas em recipientes fechados apenas após esfriarem. * Os embutidos, são alimentos que podem ficar nas prateleiras menos frias da geladeira. Esses têm altos níveis de substâncias conservantes, sua deterioração é mais difícil, dessa forma, não precisam de um resfriamento tão intenso. Latas podem sofrer contaminação nos supermercados e oxidar – por isso, coloque os enlatados em potes. * A gaveta grande da geladeira serve para manter os legumes e verduras frescos. Procure manter esses alimentos em saquinhos, pois isso aumenta a sua durabilidade e ainda mantém a gaveta limpa. Deixe para higienizá-los apenas na hora do consumo, assim, evita a contaminação por excesso de água. * Frutas também devem ficar na gaveta de vegetais e envoltas em sacos plásticos, exceto as frutas cítricas que podem ficar livres. No caso destas, não lavar ao colocar na geladeira, apenas na hora do consumo. * Vinagre, ketchup, maionese, temperos para salada, azeitonas e conservas de picles ou palmito, podem ficar na porta da geladeira. Bebidas como sucos, refrigerantes e água também, mas os sucos naturais, devem ficar em prateleiras mais frias e serem consumidos o quanto antes, pois não têm conservantes e além de perderem suas propriedades vitamínicas ao longo do tempo, são mais suscetíveis ao desenvolvimento de bactérias. Cuidado para não sobrecarregar a geladeira, pois o ar precisa circular. Por esse motivo, evite colocar toalhinhas e outros tipos de obstruções nas prateleiras. Nutrição também é organização! Foto destaque: Notícias ao Minuto Foto 2: Cenário MT Marina Castro – Nutricionista – CRN 21432/P